Maduro acerta com Vázquez 'solução' para caso da Venezuela no Mercosul

Caracas, 13 dez 2016 (AFP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, informou nesta segunda-feira que acertou com seu homólogo uruguaio, Tabaré Vázquez, um mecanismo para solucionar a suspensão da Venezuela do Mercosul, anunciada em 1º de dezembro.

"Muito boa conversa, muito positiva. Chegamos a um acordo sobre como encaminhar uma solução para o conflito que surgiu e resolvê-lo através da ativação do Protocolo de Olivos para a resolução de controvérsias do Mercosul", disse o presidente no Palácio de Miraflores, em rede nacional de televisão.

Há uma semana, a Venezuela apresentou um pedido de ativação do mecanismo, com a finalidade de que seja reconhecida na presidência rotativa do grupo e, reabilitada na organização.

"Esperemos que em seu desenvolvimento, em suas distintas fases, haja resultados positivos. A Venezuela é Mercosul além dos conflitos e divergências que possam surgir", acrescentou Maduro, que conversou com Vázquez por videoconferência.

Os quatro países fundadores do Mercosul - Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai - suspenderam a Venezuela ao final do prazo de três meses dado ao governo de Maduro para incorporar a sua legislação uma série de dispositivos comerciais e políticas, inclusive a de respeito aos direitos humanos.

A Venezuela - que entrou no Mercosul em 2012 - deveria assumir a presidência semestral do grupo em meados do ano, mas os demais países não o reconhecem nesta função e governam o bloco de forma colegiada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos