Turquia ataca alvos curdos no Iraque

Ancara, 12 dez 2016 (AFP) - A Turquia atacou alvos da rebelião curda no norte do Iraque menos de 24 horas depois do duplo atentado de sábado que deixou ao menos 44 mortos em Istambul, informou nesta segunda-feira a imprensa turca.

As forças armadas turcas, citadas pela agência Dogan, afirmaram ter atingido "membros de uma organização terrorista separatista", em referência ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na região em Zab, no norte do Iraque, destruindo seu quartel-general, assim como refúgios e posições armadas.

Na noite de sábado, um carro explodiu perto do estádio do clube de futebol Besiktas, em um bairro muito movimentado de Istambul, e cerca de um minuto mais tarde um homem detonou seus explosivos perto de um grupo de policiais em um parque vizinho.

Estes ataques foram reivindicados pelos Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK), um grupo radical próximo ao PKK.

Desde 24 de agosto, a Turquia participa da operação "Escudo de Eufrates" no norte da Síria, que tem entre seus alvos as milícias curdas das Unidades de Proteção do Povo (YPG), aliadas dos Estados Unidos na Síria na luta contra o Estado Islâmico.

O PKK, considerado uma "organização terrorista" pela Turquia, pela União Europeia e pelos Estados Unidos, tem entre suas bases de retaguarda os montes Kandil, no norte do Iraque.

O conflito com a Turquia foi retomado em agosto de 2015 após dois anos e meio de trégua, e deixou mais de 40.000 mortos desde o início da rebelião curda, em 1984.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos