Topo

Unicef pede retirada de crianças presas em edifício em Aleppo

2016-12-13T16:42:00

13/12/2016 16h42

Nações Unidas, Estados Unidos, 13 dez 2016 (AFP) - O Fundo para a Infância das Nações Unidas (Unicef) pediu às partes beligerantes na Síria, nesta terça-feira (13), que autorizem a retirada de milhares de crianças do leste de Aleppo.

Pelo menos 100 menores estão isolados em um edifício, cercados por combates.

"Segundo um médico da cidade, várias crianças não acompanhadas, ou separadas de suas famílias, talvez mais de 100, estão bloqueadas dentro de um prédio atacado no leste de Aleppo", indicou o Unicef em um comunicado.

A agência da ONU fez um apelo aos envolvidos para que "deixem que todas as crianças sejam evacuadas imediatamente e em segurança" e garantiu estar pronta para socorrê-los.

O Unicef disse estar "muito preocupado com as informações sobre execuções de de civis, incluindo crianças, e lembra todas as partes de suas obrigações para com as leis internacionais".

A organização pede que os beligerantes instaurem um cessar-fogo em Aleppo "imediatamente" e que deixem as organizações ter acesso aos civis que precisarem de ajuda.