Brexit 'duro' é um erro, diz embaixador americano

Estrasburgo, França, 14 dez 2016 (AFP) - Estimular um Brexit "duro" seria um erro, avaliou o embaixador dos Estados Unidos na União Europeia (UE), Anthony Gardner, durante uma entrevista nesta quinta-feira (14), em Estrasburgo, na França.

"Seria um grande erro estimular o Reino Unido a fazer um Brexit duro", defendeu Gardner, que deixa o cargo em breve, após exercê-lo por três anos.

"Um Brexit duro, ou seja, um Brexit tumultuado, não administrado, sem um longo período de transição, seria extremamente perturbador" e - completou ele - "um erro enorme para as empresas americanas".

Gardner conversou com a imprensa em sua última visita ao Parlamento europeu, em Estrasburgo, como embaixador dos EUA na UE.

Declaradamente pró-europeu, ele disse esperar que o governo Donald Trump não envie uma mensagem a favor de um Brexit "duro".

"Esta será minha mensagem para a nova administração (Trump): há outro ponto de vista, não apenas o britânico. A UE tem legítimas preocupações com essas negociações, em particular em um ano com múltiplas eleições, no qual pode se permitir oferecer um melhor acordo a um país que vai embora do que o que se oferece aos membros atuais", explicou Gardner, referindo-se, em particular, às eleições francesas e alemães, previstas para 2017.

Os Estados Unidos não devem "privilegiar as relações com alguns países em particular (...) e ignorar a UE e suas instituições", alegou.

Perto de encerrar sua missão, Gardner comemorou os acordos concluídos entre Estados Unidos e UE, em particular, no que diz respeito à luta contra o terrorismo.

Sua "grande pena" é o bloqueio das negociações sobre a Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP, na sigla em inglês), o acordo de livre-comércio entre ambos os blocos. Nesse aspecto, a Comissão Europeia espera um congelamento das discussões após a eleição de Trump.

"Acho que partes do TTIP terão continuidade, inclusive com nomes diferentes, ou talvez, sequer com uma classificação", concluiu Gardner.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos