Para Erdogan e Putin, violações do cessar-fogo devem parar (fonte turca)

Ancara, 14 dez 2016 (AFP) - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e seu contraparte russo, Vladimir Putin, coincidiram nesta sexta-feira em que as violações ao cessar-fogo na cidade síria de Aleppo devem parar, segundo fontes da Presidência turca.

"Em um telefonema, reforçaram que o acordo de cessar-fogo alcançado ontem [terça-feira] à noite deveria ser implementado [e] as violações do pacto deveriam cessar", disseram as fontes. O porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov, confirmou à agência estatal Ria Novosti que o telefonema ocorreu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos