Ex-policial dos EUA acusado de homicídio por matar negro

Chicago, 15 dez 2016 (AFP) - Um ex-policial americano foi acusado nesta quinta-feira de homicídio de um jovem negro em meados de agosto, em Milwaukee, em um incidente que provocou duas noites seguidas de distúrbios nesta cidade do norte dos Estados Unidos.

O policial Dominique Heaggan-Brown, também negro, corre o risco de ser condenado a até 60 anos de prisão pela morte de Sylville Smith, 23 anos, de acordo com os documentos judiciais.

Heaggan-Brown, 24 anos, perseguiu Smith, que estava armado, durante uma operação relacionada ao tráfico de drogas.

Após analisar imagens das câmeras da polícia, nas quais aparecem o acusado e outro policial envolvido na operação, as autoridades determinaram que Heaggan-Brown atirou duas vezes, atingindo o braço de Smith, que caiu e largou a arma, e posteriormente o tórax da vítima, provocando sua morte.

O homicídio provocou duas noites seguidas de distúrbios em Milwaukee, onde a comunidade negra denuncia o racismo policial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos