Militares síros e russos preparam a retirada de rebeldes de Aleppo

Moscou, 15 dez 2016 (AFP) - Militares sírios e russos preparam nesta quinta-feira a retirada para Idlib dos últimos rebeldes de Aleppo entrincheirados na zona leste da cidade, assim como de suas famílias, anunciou o exército da Rússia, que informou uma operação por "ordem do presidente Vladimir Putin".

"A retirada dos rebeldes acontecerá a bordo de 20 ônibus e 10 ambulâncias que percorrerão o corredor especial em direção a Idlib", noroeste da Síria, afirma o exército russo em um comunicado.

"As autoridades sírias garantem a segurança de todos os combatentes que decidiram deixar os bairros do leste de Aleppo", completa a nota oficial.

Um pouco antes, uma fonte do exército sírio informou à AFP sobre um novo acordo para a retirada dos combatentes rebeldes da última área que controlam em Aleppo, após o fracasso de uma iniciativa similar na quarta-feira.

Também há preparativos para permitir a saída de feridos e civis pelo sul de Aleppo, indicou à AFP uma fonte rebelde.

A retirada de civis não foi confirmada por Damasco.

Uma iniciativa similar foi suspensa na quarta-feira, apesar de um acordo mediado pela Rússia, aliado do regime sírio, e pela Turquia, que apoia os insurgentes. Após o fracasso da retirada, os combates foram retomados em Aleppo.

A Rússia acusou os rebeldes de terem reiniciado os combates e de bloquear a retirada de milhares de civis presentes no leste da cidade.

A Turquia voltou a acusar as tropas sírias e seus alidos pela nova onda de violência.

Na quarta-feira, os presidentes da Rússia e da Turquia, Vladirmir Putin e Recep Tayyip Erdogan, conversaram por telefone. Os dois afirmaram que as violações ao cessar-fogo deveriam acabar e que a "retomada da retirada de civis e rebeldes deveria acontecer o mais rápido possível".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos