Britânico de 101 anos é condenado por pedofilia

Londres, 16 dez 2016 (AFP) - Ralph Clarke, de 101 anos, foi considerado culpado de pedofilia pela corte criminal de Birmingham, no centro da Inglaterra, nesta sexta-feira (16).

Alguns casos remontam a mais de quatro décadas.

Motorista de caminhão aposentado, Clarke foi julgado por violentar três menores, entre eles uma menina de sete anos, entre 1974 e 1984. Os crimes foram cometidos em sua casa, em uma cabana em seu jardim e em seu carro.

Apesar da idade, o Ministério Público decidiu julgá-lo "em razão da gravidade" dos fatos que pesavam contra ele, explicou a Justiça em um comunicado.

A pena será anunciada na próxima segunda-feira (19). O juiz Richard Bond antecipou que quer uma sentença "de dois dígitos", diante do dano psicológico causado às vítimas.

"Eu poderia levar em conta a idade extrema do acusado, mas não se pode esquecer que ele pôde viver em liberdade durante décadas, enquanto seu lugar era na prisão durante todos esses anos", acrescentou.

O advogado de Clarke, Darron Whitehead, pediu ao júri que leve em conta o fato de que seu cliente fará 102 anos em março de 2017, assim como seus problemas de saúde.

"Na prática, isso significa uma condenação à prisão perpétua e que ele não será posto em liberdade", alegou.

Em nota divulgada após a condenação, a inspetora de Polícia Emma Fennon, da Unidade Especializada em Crimes Sexuais da Polícia de Midlands, rejeitou o argumento da idade. No Reino Unido não há prescrição de sentença no caso de crimes sexuais.

Clarke permaneceu impassível durante todo o julgamento. Ao longo do processo, contou que sempre havia crianças perto de sua garagem, "porque consertava suas bicicletas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos