Vancouver registra nove mortes em uma noite por overdose de fentanil

Montreal, 16 dez 2016 (AFP) - Nove pessoas morreram por overdose de fentanil, um poderoso sedativo, na cidade canadense de Vancouver durante a noite de quinta-feira, informou nesta sexta o prefeito da cidade, Gregor Robertson.

Ao lado do chefe da polícia da cidade e de outros funcionários da área de emergência, Robertson elogiou a existência de serviços como salas para dependentes químicos, mas disse que são necessárias urgentemente mais opções de tratamento.

"É uma época dura em Vancouver e é difícil ser otimista quando ainda não chegamos ao fundo do poço", admitiu Robertson.

"É possível imaginar nove pessoas morrendo por qualquer razão na nossa cidade?", perguntou o chefe de polícia, Adam Palmer, que também exigiu o aumento da ajuda aos dependentes.

O Canadá vem tentando conter uma crise de overdoses que custou a vida de 2.000 pessoas no ano passado, embora se espere que esta cifra seja superada este ano.

Em Vancouver morreram em média 15 pessoas por mês por overdose e a polícia investiga atualmente 160 mortes, segundo Palmer.

Esta semana, a Prefeitura aprovou um aumento de 0,5 ponto percentual no imposto sobre as propriedades para ajudar a combater a crise de overdose por fentanil.

Os recursos vão apoiar os trabalhadores do setor de emergência, de abrigos e outros serviços de redução de danos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos