Topo

Embaixador morto: Erdogan denuncia 'provocação' contra 'normalização' turco-russa

2016-12-19T18:27:00

19/12/2016 18h27

Istambul, 19 dez 2016 (AFP) - O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que o assassinato do embaixador russo na Turquia foi uma "provocação" destinada a sabotar "a normalização" das relações entre Ancara e Moscou, reaquecidas recentemente após uma grave crise.

"Nós sabemos que se trata de uma provocação com vistas a (...) prejudicar o processo de relações de normalização das relações entre a Turquia e a Rússia", afirmou Erdogan, em declarações transmitidas pela TV.