Agentes russos viajam à Turquia para investigar assassinato de embaixador

Moscou, 20 dez 2016 (AFP) - Um grupo de 18 investigadores, agentes dos serviços secretos e diplomatas russos partiu nesta terça-feira rumo à Turquia para investigar o assassinato do embaixador russo em Ancara, Andrei Karlov, ocorrido na véspera, anunciou o Kremlin.

"O grupo operará na Turquia no âmbito da investigação sobre a morte do embaixador da Rússia, Andrei Karlov, em conformidade com o que foi acordado entre os presidentes russo e turco em uma conversa telefônica" mantida na segunda-feira à noite, declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Karlov foi assassinado na segunda-feira em Ancara por um policial turco, que disse agir como vingança pela tragédia da cidade de Aleppo, prestes a cair nas mãos do regime sírio, apoiado por Moscou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos