Berlim: homem morto encontrado no caminhão era polonês

Berlim, 20 dez 2016 (AFP) - O corpo encontrado dentro da cabine do caminhão que atropelou e matou 12 pessoas na segunda-feira em uma feira de Natal em Berlim é de um cidadão polonês, informou a polícia alemã na madrugada desta terça-feira.

"O homem encontrado dentro do caminhão era um cidadão polonês", revelou a polícia no Twitter.

O proprietário da empresa dona do caminhão havia informado o desaparecimento do motorista polonês.

"Não temos contato com ele desde esta tarde. Não sei o que aconteceu com ele. É meu primo. Eu o conheço desde a infância. Eu respondo por ele", declarou Ariel Zurawski por telefone à AFP.

Segundo Lukasz Wasik, um diretor da empresa, o contato com o motorista, de 37 anos, foi perdido por volta das 15h locais (12h, horário de Brasília).

"Não sabemos no que ele se transformou, se foi sequestrado, morto, não sabemos de nada. Estamos muito preocupados com ele", declarou, acrescentando que "a última vez que estivemos com ele no telefone foi esta manhã, por volta das oito, ou nove".

O motorista transportava 25 toneladas de produtos metalúrgicos, procedentes da Itália.

De acordo com fontes do serviço de segurança citadas pela agência alemã DPA, o homem ao volante do caminhão - finalmente detido - seria um paquistanês ou afegão, e teria chegado à Alemanha como solicitante de asilo em fevereiro de 2016.

De acordo com o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, "muitas razões" levam a pensar que foi um ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos