Hollande e Merkel: combate ao terror não deve afetar valores democráticos

Paris, 20 dez 2016 (AFP) - "O combate sem piedade contra o terrorismo não deve afetar nem os valores, nem a forma de viver" das democracias, declararam nesta terça-feira o presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, após conversa por telefone.

Um dia após o atentado com um caminhão que deixou 12 mortos em uma feira de Natal em Berlim, "o presidente da República e a chanceler confirmaram a total mobilização dos serviços de segurança francês e alemão para lutar contra a praga do terrorismo, e contra a implementação de medidas decididas no nível europeu", segundo um comunicado publicado pela presidência francesa.

O presidente francês, que telefonou para Merkel, expressou, novamente, "o mais profundo pesar, amizade e solidariedade de toda a França".

"Os franceses sabem a importância desses gestos de apoio durante as sombrias horas do luto", acrescentou.

A matança provocada na noite de segunda-feira pelo caminhão que se lançou contra a multidão em uma feira de Natal no centro da capital alemã tem gerado uma onda de solidariedade internacional, especialmente na França, país europeu que mais sofreu ataques extremistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos