Professor russo simula sequestro para impressionar aluna

São Petersburgo, 21 dez 2016 (AFP) - Um professor russo, completamente apaixonado por uma aluna, organizou um falso sequestro de ambos para, em seguida, poder fugir com ela e impressioná-la, mas o plano deu errado e a polícia anunciou sua prisão nesta quarta-feira.

O homem, de 60 anos, contratou em novembro de 2015 dois "sequestradores" por 110.000 dólares para fingir seu sequestro e o da jovem de 24 anos, informou um comitê de investigação policial na cidade de Vyborg, no noroeste da Rússia.

O plano do sexagenário era "fazer todo o possível" para escapar junto com a estudante, que em seus sonhos se apaixonaria perdidamente por ele.

O falso sequestro ocorreu no dia 11 de novembro de 2015. Os dois cúmplices interceptaram o professor e a aluna, os ameaçaram com uma arma e, em seguida, os trancaram em um porão.

Após 24 horas, o professor conseguiu fugir com a jovem. A polícia não explicou como.

Mas o plano não correu como o previsto, porque a polícia acabou descobrindo a armação e deteve o professor apaixonado e um dos sequestradores. O outro segue foragido.

O professor será julgado em breve, explicou a polícia. A jovem, por sua vez, segue em tratamento psicológico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos