Merkel diz que perigo 'imediato' foi descartado, mas que ameaça terrorista continua

Berlim, 23 dez 2016 (AFP) - A chanceler alemã Angela Merkel considerou nesta sexta-feira que o perigo imediato foi descartado, após a morte do suposto autor do ataque de Berlim, abatido pela polícia italiana em Milão, mas que a ameaça terrorista continua.

"Podemos nos sentir aliviados pelo fato de que o perigo imediato foi descartado", declarou Merkel em Berlim, mas "o perigo terrorista em seu conjunto continua presente, como desde há vários anos", acrescentou a chanceler.

alf-dsa/ylf/cls/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos