Escolha de Trump para diretor de comunicações recusa o cargo

Jason Miller, o escolhido pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, para o cargo de diretor de comunicações do seu governo recusou o trabalho, informou a mídia americana no domingo, poucos dias depois de sua nomeação ter sido anunciada.

Miller foi nomeado diretor de comunicações da nova administração Trump na quinta-feira, mas no fim de semana ele anunciou, em uma declaração, que queria passar mais tempo com sua família.

"Depois de passar esta última semana com minha família, a maior quantidade de tempo que eu consegui passar com eles desde março de 2015, ficou claro que eles precisam ser minha prioridade máxima agora", disse Miller no comunicado, acrescentando que ele e sua esposa estavam esperando sua segunda filha.

"Este não é o momento certo para começar um novo emprego tão exigente como o de diretor de comunicações da Casa Branca".

Miller trabalhou anteriormente como porta-voz sênior de Trump, e o papel do diretor de comunicações é o de moldar a estratégia de mídia do governo.

Ele disse em sua declaração que o porta-voz de Trump Sean Spicer assumirá o papel de diretor de comunicações.

Miller já trabalhou também para o senador Ted Cruz, um dos rivais de Trump na campanha presidencial republicana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos