Premier japonês faz visita histórica a Pearl Harbor

Honolulu, Estados Unidos, 26 dez 2016 (AFP) - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, chegou nesta segunda-feira a Honolulu, capital do Havaí, para realizar uma visita histórica de dois dias a Pearl Harbor, ao lado do presidente americano, Barack Obama.

A visita ao memorial "USS Arizona" está prevista para esta terça-feira, 75 anos após o ataque surpresa japonês a Pearl Harbor, a principal base naval americana no Pacífico, na manhã de 7 de dezembro de 1941.

Este ataque da aviação japonesa, preparado durante meses em segredo, provocou mais de 2.400 mortos e colocou os Estados Unidos definitivamente na Segunda Guerra Mundial.

É a primeira vez que um dirigente japonês visita o memorial, construído no início de 1960 e que atrai mais de dois milhões de turistas por ano.

Acessível apenas de barco, este prédio branco foi erguido sobre os destroços do "USS Arizona".

No extremo desta estrutura aberta ao mar, há uma imensa parede sobre a qual estão gravados os nomes dos 1.177 americanos que perderam a vida a bordo do "USS Arizona".

Como fez Obama durante sua visita a Hiroshima, em maio, Abe não tem a intenção de pedir perdão, apenas de homenagear as vítimas e celebrar a firmeza da aliança entre dois antigos inimigos convertidos em aliados.

"Não devemos repetir jamais o horror da guerra", declarou o primeiro-ministro japonês antes de sua partida. "Junto ao presidente Obama, quero expressar ao mundo inteiro este compromisso com o futuro e o valor da reconciliação".

Abe fará várias visitas a Honolulu, principalmente ao cemitério nacional do Pacífico conhecido como "Punchbowl", onde vários de seus predecessores já prestaram homenagem às vítimas da guerra.

O dirigente japonês também irá ao memorial Ehime Maru, chamado assim pelo barco-escola de pesca japonês atingido acidentalmente em fevereiro de 2001, ao largo da ilha de Oahu, por um submarino nuclear americano. Cinco membros da tripulação e quatro estudantes perderam a vida no incidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos