Três pessoas são mortas na França, suspeito foi detido

Avignon, França, 26 dez 2016 (AFP) - Um jovem de 23 anos foi detido nesta segunda-feira (26) no sudeste da França, suspeito de ter cometido três homicídios e uma agressão.

No domingo à noite, ele havia sido retirado de um trem, onde importunava os passageiros, e levado para um hospital psiquiátrico de Valence, de acordo com o Ministério Público dessa cidade.

"Depois ele deixou as instalações", afirmou o procurador Alex Perrin.

O rapaz já era conhecido da Polícia por roubos, episódios violentos e tráfico de drogas, segundo uma fonte ligada ao caso.

Ele é suspeito de ter seguido para a periferia de Valence, onde três pessoas idosas foram mortas à noite.

Uma mulher de 80 anos, que morava sozinha, "foi morta a facadas em casa, sem dúvida, por motivo torpe", afirmou o procurador.

Um casal de 75 anos que vivia a alguns quilômetros "foi morto, aparentemente, com arma branca e teria recebido golpes proferidos por objetos contundentes. Seu carro foi roubado depois da agressão", completou Perrin.

O carro foi visto na autoestrada em direção ao sul.

Nesta segunda-feira de manhã, três pessoas foram violentamente agredidas no estacionamento de uma zona comercial de Orange, a cerca de 100 km ao sul de Valence.

Dois homens foram feridos com arma branca, e uma mulher, na faixa dos 60 anos, ficou "ferida muito gravemente" a pedradas.

O agressor fugiu de carro, mas foi obrigado a abandoná-lo cerca de 20 km depois, devido a um acidente. Os investigadores reconheceram o veículo roubado do casal assassinado.

Os policiais conseguiram parar o suspeito, "sem problema", em uma blitz instalada no pátio da estação de Avignon.

mk-cha-chp/tt/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos