Homem é preso por ameaçar festa de Ano Novo em Sydney

Sydney, 29 dez 2016 (AFP) - A unidade de antiterrorismo da Polícia australiana prendeu um homem em Sydney por ser o suposto autor de ameaças contra as celebrações de Ano Novo em um blog, informaram as autoridades nesta sexta-feira (quinta-feira no Brasil).

A prisão ocorreu durante uma semana em que a Polícia frustrou uma "significativa" conspiração inspirada pelo grupo terrorista Estado Islâmico no dia de Natal, que tinha como alvo a parte central de Melbourne.

O homem de 40 anos deveria ser apresentado ao tribunal no fim do dia sob a acusação de "fazer ameaças relacionadas às festas de Ano Novo", de acordo com um comunicado da Polícia.

Entretanto, os oficiais não forneceram mais detalhes sobre as ameaças.

Sydney está se preparando para a enorme festa de Ano Novo no porto, com fogos de artifício, com um público esperado de mais de um milhão de pessoas.

A partir de uma pista dada pela população, homens do Esquadrão de Investigação do Terrorismo de Nova Gales do Sul prenderam o homem nesta quinta-feira no aeroporto internacional de Sydney no momento em que retornava de Londres.

Documentos e discos rígidos foram apreendidos após buscas em uma casa e um armazém na cidade.

A polícia acusou o homem de estar com "documentos contendo ameaças... referentes a um blog online".

Seu direito à fiança foi recusado até que compareça ao tribunal de Parramatta.

"Investigações sobre o assunto indicam que este foi um incidente isolado", afirmou a delegada adjunta, Catherine Burn.

"Como consequência, estamos confiantes de que não há ameaças atuais ou específicas para o Ano Novo... As pessoas devem aproveitar as comemorações", prosseguiu.

Pelo menos 12 ataques terroristas foram evitados na Austrália nos últimos dois anos, de acordo com as autoridades. Mas quatro foram executados, incluindo o assassinato de um policial no ano passado em Sydney.

A polícia de combate ao terrorismo fez inúmeras prisões desde 2014, sendo o principal motivo das prisões o profundo radicalismo de muitos jovens, que se tornou motivo de preocupação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos