Ataque a prisão no Bahrein: dez presos foragidos e um policial morto

Dubai, 1 Jan 2017 (AFP) - Homens armados atacaram neste domingo uma prisão do Bahrein, mataram um policial e permitiram a fuga de dez detentos denunciados em "casos terroristas", anunciou o Ministério do Interior.

As forças de segurança lançaram uma operação de rastreamento para procurar e prender os quatro ou cinco "elementos terroristas envolvidos" no ataque e "encontrar os prisioneiros fugitivos", acrescentou o Ministério em sua conta do Twitter.

O ataque ocorreu na prisão central de Jau, onde estão inúmeros bareinitas xiitas acusados de envolvimento em atos de violência.

Além do policial morto, outro ficou ferido no ataque que permitiu a fuga dos presos, sete dos quais foram condenados à prisão perpétua e outros três a longas penas por "atos terroristas", informou o ministério.

O Bahrein, um pequeno país do Golfo comandado pela dinastia sunita Al Khalifa, sofre desde fevereiro de 2011 com um movimento de protesto liderado pela maioria xiita que exige uma verdadeira monarquia constitucional e um maior papel.

Várias organizações de defesa dos Direitos Humanos expressaram recentemente sua preocupação por perseguições contra figuras da oposição xiita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos