Casal condenado à morte pelo assassinato da própria filha no Kuwait

Cidade do Kuwait, 2 Jan 2017 (AFP) - Um tribunal do Kuwait condenou à morte nesta segunda-feira um casal culpado de torturar até a morte a filha de três anos.

Os pais, detidos em maio de 2016, espancaram e torturaram a filha até a morte e depois esconderam o corpo em um congelador durante uma semana.

A polícia identificou várias queimaduras no corpo da criança.

Segundo a imprensa local, o casal se irritava porque a menina chorava continuamente. Tanto o pai, Salem Buham, de 26 anos, como a mãe, Amira Hussein, de 23, eram usuários de drogas.

A sentença não é definitiva, pois os acusados podem recorrer. Se a sentença for confirmada, serão executados na forca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos