Hollande chega ao Iraque para visita centrada na guerra contra o EI

Bagdá, 2 Jan 2017 (AFP) - O presidente francês, François Hollande, chegou a Bagdá nesta segunda-feira para se reunir com o contingente militar de seu país que apoia as forças iraquianas que combatem o Estado Islâmico (EI), constatou um jornalista da AFP.

Lutar "contra o terrorismo no Iraque" também significa "impedir atos terroristas" na França, declarou o presidente francês.

"Tudo o que contribui para a reconstrução do Iraque são condições adicionais para evitar que ocorram por parte do Daesh (acrônimo em árabe do Estado Islâmico) ações em nosso próprio território", declarou Hollande na primeira etapa de sua visita ao Iraque.

Hollande já havia viajado ao Iraque em 2014, no que constituía a única visita de um presidente da coalizão liderada pelos Estados Unidos ao país desde o início das operações contra o grupo extremista.

O presidente francês pousou pouco antes 04h30 em Bagdá, acompanhado pelo ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian. Durante a visita de um dia, Hollande visitará a região autônoma curda, localizada no norte do Iraque.

A França é o segundo maior sócio da coalizão militar contra o EI, depois dos Estados Unidos. A operação lançou milhares de bombardeios contra o grupo no Iraque e na Síria e forneceu equipamentos militares para os combatentes iraquianos.

vl-gde/jmm/mtp/an.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos