Guantánamo: Obama avalia novas transferências de detidos

Washington, 3 Jan 2017 (AFP) - A Casa Branca avalia autorizar novas transferências de detidos da prisão de Guantánamo (ilha de Cuba) para outros países, anunciou nesta terça-feira seu porta-voz, ao comentar um tuíte do presidente eleito, Donald Trump, contra a medida.

"Espero outras transferências", declarou Josh Earnest, destacando que os comentários de Trump não terão qualquer impacto sobre a decisão do presidente Barack Obama, que deixará o posto no dia 20 de janeiro.

A administração Obama se comprometeu em uma corrida contra o tempo para encontrar países que acolham os detidos "libertáveis" de Guantánamo antes da conclusão do atual mandato, no dia 20 de janeiro.

Obama não cumpriu a promessa de fechar definitivamente a prisão de Guantánamo, mas está decidido a deixar o menor número de presos possível.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos