França suspende venda de medicamento Uvesterol após morte de recém-nascido

Paris, 4 Jan 2017 (AFP) - A França suspendeu nesta quarta-feira a comercialização do medicamento Uvesterol após a morte de um recém-nascido, anunciou nesta quarta-feira a ministra da Saúde, Marisol Touraine.

A decisão foi adotada pela Agência Nacional de Segurança do Medicamento e dos Produtos da Saúde (ANSM) como "medida de precaução", disse Touraine.

Um bebê de 10 dias faleceu no dia 21 de dezembro depois de receber uma dose de Uvesterol D, medicamento muito comum destinado a tratar a carência de vitamina D.

À espera de resultados definitivos, a ministra "convocou, como medida de precaução, que os pais se abstenham de administrar Uvesterol D em seus filhos", indica o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos