Papa recebe vítimas de terremotos na Itália

Cidade do Vaticano, 5 Jan 2017 (AFP) - O papa Francisco recebeu nesta quinta-feira, no Vaticano, milhares de vítimas dos terremotos que atingiram em agosto e outubro o centro da Itália, ressaltando a importância de "reconstruir não apenas as casas, mas também os corações" dos afetados.

Depois de escutar atentamente o testemunho de um pai e de um padre da região, o papa disse que queria poupar às vítimas "de um sermão", observando que "as feridas vão curar, mas as cicatrizes permanecerão".

"Perdemos nossas casas, mas nós nos tornamos uma grande família", comentou um padre de uma área afetada, evocando as noites dormidas em carros e barracas.

"Estou orgulhoso dos padres que não deixaram a sua terra, dos pastores que não fogem quando veem o lobo", elogiou o pontífice, improvisando seu discurso.

Ele encorajou as pessoas afetadas a "começar de novo sem perder a capacidade de sonhar", dizendo que "apenas a esperança pode ser usada para reconstruir".

O papa batizou no domingo oito recém-nascidos da região de Amatrice, particularmente afetada, na Capela Sistina, no Vaticano.

Em 4 de outubro, ele fez uma visita surpresa à área devastada pelo primeiro terremoto em 24 de agosto, que deixou cerca de 300 mortos, orando sozinho e em silêncio em meio aos escombros e chamando com um megafone os sobreviventes a seguir em frente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos