Pelo menos 15 pessoas morrem em confrontos no sudeste da RDC

Lubumbashi, RD Congo, 6 Jan 2017 (AFP) - Quinze bantus foram mortos nesta quinta-feira (5) em um ataque atribuído a pigmeus em uma localidade da província de Tanganyika, no sudeste da República Democrática do Congo, palco de frequentes conflitos intercomunitários - de acordo com relatos de diferentes fontes.

"Confrontos entre bantus e pigmeus no vilarejo de Piana-Mwanga deixaram 15 mortos hoje entre os bantus, 37 feridos e 65 casas incendiadas", declarou à AFP o padre da diocese de Manono (sudeste), Vincent de Paul Kwanga.

O delegado provincial do Ministério do Interior em Tanganyika, Kamona Lumuna, confirmou um ataque atribuído aos pigmeus em Piana-Mwanga contra populações bantus. Segundo ele, o número exato de mortos ainda não foi estabelecido.

"O povoado ficou vazio e os feridos, abandonados à própria sorte", comentou o porta-voz da comunidade de Tanganyika, Modeste Kubali.

As tensões entre as duas comunidades remontam a antes da independência da Bélgica, em 1960, já que os bantus, proprietários da terra, são acusados de explorar os pigmeus, pagando-lhes salários miseráveis, ou fazendo-os trabalhar em troca de cigarro, ou de álcool.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos