Trump reafirma que México pagará muro na fronteira

Washington, 7 Jan 2017 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, reafirmou nesta sexta-feira que o México pagará o muro na fronteira entre os dois países, enquanto os legisladores republicanos analisavam como financiar a polêmica barreira.

"A imprensa desonesta não informa que qualquer dinheiro gasto na construção do Grande Muro será reembolsado pelo México mais adiante", escreveu Trump no Twitter.

O ex-presidente mexicano Vicente Fox reagiu, também no Twitter, garantindo que o México "não vai pagar por este maldito muro".

"TRUMP, quando você vai entender que não vamos pagar por este maldito muro. Seja claro com os contribuintes. São eles que vão pagar", escreveu Fox.

Kellyanne Conway, principal assessora de Trump, reafirmou nesta sexta que "nada mudou" e que o "México vai pagar" pelo muro.

"O Congresso está analisando a possibilidade de pagar para adiantar a obra, torná-la mais rápida, mas depois faremos que o México pague", disse Conway à CNN.

O custo do projeto não foi estabelecido, mas é estimado em bilhões de dólares.

Para agilizar a construção do muro, os republicanos - que controlam as duas câmaras do Congresso - e a equipe de transição de Trump planejam se basear em uma lei de 2006 firmada pelo presidente George W. Bush, que autoriza a construção de uma "barreira física" na fronteira com o México, segundo Politico.

Jamais aplicada plenamente, a lei não estipula limites de tempo, extensão ou tipo de barreira, o que lhe permite ser a base legal para a construção do muro.

rsr/lr

Twitter

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos