Parlamento venezuelano declara Maduro em 'abandono do cargo'

Caracas, 9 Jan 2017 (AFP) - O Parlamento venezuelano, de maioria opositora, declarou nesta segunda-feira o presidente Nicolás Maduro em "abandono do cargo", ao responsabilizá-lo pela grave crise que o país atravessa, e pediu a realização de eleições.

"Aprovado o acordo com o qual se qualifica o abandono do cargo de Nicolás Maduro e se exige uma saída eleitoral para a crise venezuelana para que seja o povo que se expresse através do voto", anunciou o chefe da Assembleia Nacional, Julio Borges, ao ler o acordo na tribuna do plenário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos