Policial é morta a tiros na Flórida

Miami, 9 Jan 2017 (AFP) - Uma policial foi morta a tiros nesta segunda-feira na Flórida (sudeste dos Estados Unidos) por um assassino que seria procurado pela Polícia, que também perdeu outro agente em um acidente de moto, quando perseguia o mesmo indivíduo.

"A policial Debra Clayton, que trabalhava havia 17 anos na Polícia de Orlando, faleceu hoje [segunda] às 07H40 [locais]", anunciou o chefe da instituição, John Mina, durante coletiva de imprensa.

A mulher, mãe de dois anos, participava na manhã de segunda-feira das buscas de um suposto assassino no supermercado Walmart, quando foi atingida por "vários disparos", informou Mina.

O suspeito também atirou contra o subchefe de Polícia, que estava no local, depois pegou um veículo à força e mais tarde o abandonou.

"Está em curso uma perseguição contra Markeith Loyd", de 41 anos, que é considerado "armado e perigoso", e suspeito de ter assassinado uma mulher grávida.

Um policial do condado de Orange, que buscava o suspeito de moto, morreu em um acidente de trânsito quanto bateu em outra moto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos