WWF acusado cumplicidade em abusos contra pigmeus em Camarões

Genebra, 9 Jan 2017 (AFP) - O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) foi acusado de financiar atividades que violam os direitos humanos dos pigmeus em Camarões, informou outra ONG, a britânica Survival, que apresentou a queixa ante a OCDE.

A Survival acusa o WWF de ter permitido inúmeros abusos de violência e assédio contra os pigmeus da comunidade Baka ao financiar equipes de luta contra a caça ilegal no país.

Os Baka denunciaram abusos sistemáticos, incluindo prisões, espancamentos, torturas e, inclusive, mortes, há mais de 20 anos.

A denúncia foi apresentada na Suíça, membro da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). É a primeira vez que um membro do clube de países ricos aceita examinar uma queixa contra uma ONG.

Mediante um comunicado enviado à AFP, o WWF afirma lamentar que a Survival "não tenha aceitado a oferta de trabalhar conjuntamente para enfrentar o contexto social e político complexo dos Baka".

O WWF explicou que pediu ao governo de Camarões que melhore os mecanismos de resolução de incidentes e que incentive o recrutamento de guardas florestais Baka, além de organizar formações "sobre os direitos humanos para os outros guardas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos