Comandos americanos matam dois líderes do EI na Síria

Washington, 11 Jan 2017 (AFP) - Forças especiais dos Estados Unidos mataram dois líderes do grupo Estado Islâmico no leste da Síria, na região de Deir-Ezzor, em uma operação incomum realizada no domingo passado, confirmou nesta terça-feira um funcionário do Pentágono, que pediu para não ser identificado.

Um dos mortos é Abu Anas al Iraqi, um "alto dirigente" e alvo da operação. O outro "se converteu em objetivo durante o desenvolvimento", declarou o funcionário.

O ataque ocorreu em "uma estrada isolada, sem nada nos arredores", a cerca de 50 km da cidade de Deir Ezzor.

A operação foi realizada pela unidade das forças especiais americanas encarregada de perseguir as lideranças extremistas (Expeditionary Targetting Force, ou ETF).

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos e as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma coalizão curdo-árabe aliada da coalizão, a operação usou pelo menos quatro helicópteros, entre eles aparelhos de ataque Apache.

wat-lby/bdx/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos