Farc iniciam desarmamento nas próximas semanas na Colômbia

Nações Unidas, Estados Unidos, 12 Jan 2017 (AFP) - Após alguns atrasos, os rebeldes das Farc poderão iniciar a entrega das armas na Colômbia nas próximas semanas, e o desarmamento deve estar concluído até junho, revelou nesta quarta-feira o enviado da ONU Jean Arnault.

Chefe da missão política da ONU na Colômbia, Arnault disse ao Conselho de Segurança que o objetivo principal do esforço de paz agora é estabelecer os 26 campos vigiados pela ONU onde os rebeldes se reunirão para entregar suas armas.

No total, cerca de 5.700 combatentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) devem entregar suas armas com base no acordo firmado em novembro para acabar com cinco décadas de conflito interno.

Assim que forem estabelecidos os campos, "esperamos que o processo de desarmamento comece, nas próximas semanas", declarou Arnault.

O governo colombiano e os líderes rebeldes estão decididos a "fazer todo o possível para cumprir com o objetivo original de entrega integral das armas até o início de junho".

A lei de anistia aprovada no final de dezembro eliminou um dos obstáculos para o desarmamento, mas Arnault citou problemas logísticos relacionados com o grande número de locais e a posição remota de alguns campos, entre outras questões.

Ao menos 350 dos 450 observadores da missão de paz da ONU foram designados para supervisionar a entrega das armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos