Irã importará 130 toneladas de urânio

Teerã, 12 Jan 2017 (AFP) - O Irã importará 130 toneladas de urânio após ter recebido a autorização dos países do grupo 5+1, que em 2015 assinaram um acordo com o país sobre seu programa nuclear, indicou nesta quinta-feira um porta-voz da organização iraniana de energia atômica.

Os membros da comissão comum sobre o acordo nuclear, que inclui o Irã e os países do grupo 5+1 (Estados Unidos, França, Reino Unido, China, Rússia e Alemanha) "aceitaram nossa demanda para comprar 130 toneladas de urânio natural", disse Behruz Kamalvandi à televisão estatal, sem especificar qual será o país fornecedor.

Kamalvandi acrescentou que, desde que o acordo nuclear entrou em vigor, em janeiro de 2016, o Irã importou 220 toneladas de urânio, que somadas com as 130 totalizarão 350 toneladas, o que representa "boas reservas" para o programa nuclear do país.

O acordo alcançado com as grandes potências obriga o Irã a limitar seu programa nuclear durante quase 10 anos, em troca da suspensão de parte das sanções econômicas internacionais impostas ao país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos