Marine Le Pen visita NY, mas reunião com equipe de Trump é descartada

Nova York, 12 Jan 2017 (AFP) - A líder da extrema-direita francesa Marine Le Pen, que se encontrava nesta quinta-feira na Trump Tower, em Nova York, não se reunirá "com qualquer pessoa de nossa equipe", informou uma porta-voz do futuro presente americano Donald Trump, Hope Hicks.

Le Pen, candidata da Frente Nacional à Presidência francesa, não havia anunciado a sua visita.

Em Paris, seu diretor de campanha havia ressaltado que a candidata realizava uma visita "privada", sem fornecer maiores detalhes sobre sua agenda.

Ela foi vista tomando um café no Trump Ice Cream Parlor, no térreo da Trump Tower, com três homens, incluindo seu marido Louis Aliot, vice-presidente da FN.

Questionada por jornalistas se ela pretendia encontrar Trump, ela se recusou a responder.

Em novembro, Marine Le Pen, que se apresenta assim como Trump como "anti-establishment", foi uma das primeiras líderes políticas estrangeiras a felicitar o magnata por sua vitória eleitoral.

A Trump Tower, cercada de lojas muito frequentadas, continua acessível ao público, apesar de ter tido sua segurança reforçada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos