Merkel pede união de europeus em negociações do Brexit

Luxemburgo, 12 Jan 2017 (AFP) - A chefe do governo alemão, Angela Merkel, convocou nesta quinta-feira em Luxemburgo os europeus a permanecerem unidos durante as negociações de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

"Os 27 devem agir juntos nas negociações, mas primeiro devemos esperar para saber como o Reino Unido contempla sua saída", disse Merkel em uma coletiva de imprensa em Luxemburgo junto ao primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel.

"Estamos absolutamente de acordo que não podemos nos dividir", acrescentou a chanceler alemã, que receberá durante a tarde na vizinha Bélgica um diploma de doutora honoris causa e se reunirá com seu colega belga, Charles Michel, assim como o rei dos belgas, Philippe.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, planeja comunicar oficialmente até o fim de março a intenção dos britânicos de abandonar o bloco, abrindo caminho a negociações de divórcio com a UE de até dois anos de duração que se anunciam complicadas.

Apesar de sua saída do bloco, o Reino Unido mostrou sua vontade de continuar no mercado único europeu, mas sem respeitar um de seus princípios fundamentais: a liberdade de circulação de trabalhadores. Bruxelas se opõe categoricamente a esta opção.

O apelo à união chega depois que o primeiro-ministro maltês, Joseph Muscat, cujo país exerce a presidência pró-tempore da UE, ressaltou a "mesma posição" dos 27 sobre o Brexit, descartando, por sua vez, que Londres pudesse se apoiar em eventuais divisões para conseguir concessões.

bur-tjc/age/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos