Abbas: embaixada dos EUA em Jerusalém destrói solução de dois Estados

Paris, 13 Jan 2017 (AFP) - A eventual decisão do presidente americano, Donald Trump, de transferir a embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém acabará com a solução de paz de dois Estados - palestino e israelense -, adverte o presidente palestino, Mahmud Abbas, em entrevista ao jornal francês Le Figaro que circulará neste sábado.

"Escrevi ao presidente Trump para pedir que não fizesse isto. Este movimento não apenas privaria os Estados Unidos de toda a legitimidade no papel que desempenha na solução do conflito, mas também destruiria a solução de dois Estados", declarou Abbas.

Trump, que tomará posse na próxima sexta-feira, disse que planeja reconhecer Jerusalém como capital de Israel e transferir a embaixada dos EUA de Tel Aviv para a cidade.

Os palestinos rejeitam vigorosamente esta transferência, que consideram uma ação unilateral e destrutiva, pois o status da cidade segue em disputa.

Os Estados Unidos e a maioria dos países das Nações Unidas não reconhecem Jerusalém como capital de Israel e o status desta cidade é um dos pontos mais delicados do conflito entre palestinos e israelenses.

Se a transferência da embaixada ocorrer, "analisaremos várias opções (...) e retirar nosso reconhecimento do Estado de Israel é uma delas, mas esperamos não chegar a este ponto...".

Ao menos 70 países se reúnem em Paris no domingo para uma conferência que visa reafirmar o apoio a uma "solução de dois Estados" - palestino e israelense - convivendo em paz e segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos