Criança roubada na maternidade há 18 anos é encontrada nos EUA

Miami, 13 Jan 2017 (AFP) - A americana Kamiyah Mobley, roubada ao nascer - há 18 anos - em um hospital de Jacksonville, no norte da Flórida, foi encontrada em bom estado de saúde - informou a Polícia nesta sexta-feira (13), acrescentando que a mulher que a criou foi acusada de sequestro.

Na época, o crime estampou as manchetes dos jornais de todo o país.

Kamiyah foi encontrada em Walterboro, um pequeno povoado na Carolina do Sul, onde viveu toda sua vida com a mulher que acreditava ser sua mãe.

"Na sexta-feira de 10 de julho de 1998, uma mulher que se fez passar por uma enfermeira aproximou-se de uma jovem mãe de uma recém-nascida, saiu do centro médico e desapareceu", disse o prefeito de Jacksonville, Mike Williams, à imprensa.

Williams acrescentou que as autoridades agiram com base nas 2.500 pistas recebidas desde o sequestro, até que a última deu resultado.

Finalmente, "na Carolina do Sul, encontramos uma mulher de 18 anos com a mesma data de nascimento, mas outro nome", relatou o prefeito.

Depois dos testes de DNA, "à noite recebemos a confirmação de que a jovem é, de fato, Kamiyah Mobley".

Gloria Williams, de 51 anos, foi acusada de sequestro e de interferência com a custódia.

O prefeito Williams não revelou o nome que a jovem teve todos esses anos e pediu discrição da imprensa.

"Parece ser uma mulher normal de 18 anos", declarou, confirmando que tem boa saúde.

"Mas tem muito para processar", completou.

Os oficiais se reuniram na manhã desta sexta-feira com a família biológica de Kamiyah para lhes dar a notícia.

"Estavam tomados pela emoção", contou Williams.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos