Otan: mobilização de soldados dos EUA na Polônia é proporcional ante a Rússia

Vilnius, 13 Jan 2017 (AFP) - A mobilização de soldados de uma brigada americana na Polônia e em outros países aliados do leste europeu é "proporcional e moderada" com relação à atividade militar russa na região, declarou nesta sexta-feira uma alta funcionária da Otan.

"É uma resposta ao que a Rússia está fazendo", declarou à agência de notícias báltica BNS a americana Rose Gottemoeller, secretária-geral adjunta da Otan.

Tanques americanos se alinharam na quinta-feira na fronteira entre a Polônia e a Alemanha como parte de uma das maiores mobilizações militares dos Estados Unidos desde o fim da guerra fria, o que suscitou a cólera da Rússia, que vê nestas manobras uma ameaça à sua segurança.

"A mobilização da brigada de 3.500 soldados, 87 tanques e 144 blindados Bradley é proporcional e moderada", disse Gottemoeller, reforçando que é uma medida de "dissuasão e defesa".

A mobilização militar foi decidida pelo presidente em fim de mandato Barack Obama. A brigada ficará estacionada por turnos em Polônia, Lituânia, Letônia, Estônia, Hungria, Romênia e Bulgária, o que irrita Moscou profundamente.

vab-mas/mc/via/lpt/jz/pc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos