Chile: decretado estado de exceção por incêndios em Valparaíso

Santiago, 14 Jan 2017 (AFP) - O governo chileno decretou neste sábado "estado de exceção por catástrofe" na comuna de Valparaíso devido a uma série de incêndios florestais, deixando a segurança do local a cargo de um chefe militar.

Situada 120 km a oeste de Santiago, a cidade de Valparaíso é um dos lugares turísticos mais visitados do Chile.

Uma seca persistente, as altas temperaturas e o forte vento que se levanta do oceano Pacífico, junto com a topografia particular da cidade - rodeada por 44 morros - resultaram em incêndios sucessivos.

Nesta temporada, cerca de 19.000 hectares foram queimados.

Em 2 de janeiro passado, um incêndio destruiu mais de 200 casas e deixou cerca de 20 feridos.

Em 2004, o fogo danificou 3.000 casas e deixou 15 mortos, e um ano depois outro incêndio no mesmo lugar causou a morte de uma mulher e destruiu centenas de casas.

Após o decreto de estado de "exceção por catástrofe", o comandante da primeira zona naval, Ronald Mc Intyre, assumiu o controle da segurança de Valparaíso.

Ele poderá restringir as liberdades de locomoção e de reunião, assim como estabelecer limitações para o exercício do direito de propriedade, entre outras medidas.

"Neste momento, estamos aumentando a segurança das zonas afetadas e estamos fazendo os esforços de assistência humanitária de forma rápida", disse Mc Intyre a jornalistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos