Santos comemora saída do hospital do último ferido de guerra na Colômbia

Bogotá, 15 Jan 2017 (AFP) - O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, comemorou neste domingo (15) a saída do Hospital Militar Central do soldado Carlos Pérez, o último ferido de guerra que permanecia internado no centro médico após a assinatura do acordo de paz com a guerrilha das Farc.

"Sem dúvida, a melhor notícia da semana: @HOSMILC deu alta ao último soldado ferido em combate. ¡#LaPazAvanza para que não haja mais nenhum!", publicou o presidente em sua conta de Twitter.

Pérez, de 32 anos, ficou ferido no final de novembro quando supostos guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN) atacaram com explosivos uma patrulha no departamento de Arauca.

Ao sair do hospital, o soldado manifestou seu desejo de ser "o último ferido em combate" e de que "a paz chegue" à sua pátria.

O governo de Santos assinou um acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em novembro passado, após quatro anos de negociações, e mantém um canal aberto com representantes do ELN no Equador. A expectativa é conseguir iniciar uma mesa oficial de diálogo.

O conflito armado colombiano já deixou 260.000 mortos, 60.000 desaparecidos e 6,9 milhões de deslocados em mais de meio século.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos