Atentado a bomba no sudeste da Turquia mata quatro policiais

Ancara, 16 Jan 2017 (AFP) - Quatro policiais morreram e outros dois ficaram feridos nesta segunda-feira em um atentado à bomba em Diyarbakir, no sudeste da Turquia, segundo o governo local.

Uma bomba de fabricação caseira explodiu na passagem de um veículo da polícia, segundo a agência privada Dogan, que acusou "os terroristas do PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão)" de serem os autores.

O atentado ocorreu quando explosivos estouraram "na passagem de um veículo blindado transportando policiais antimotins", informou o governo regional em um comunicado.

Um primeiro balanço oficial de vítimas reportou três policiais mortos.

Segundo a agência Dogan, o ataque ocorreu às 16H30 locais (11H30 de Brasília). Um ônibus municipal e outros veículos que estavam perto foram danificados.

Diyarbakir, "capital" do sudeste de maioria curda, é alvo de uma intensa campanha do governo contra o PKK, organização qualificada como "terrorista" por Turquia, Estados Unidos e União Europeia.

A Turquia sofre há um ano e meio uma série de atentados mortais, vinculados à rebelião curda ou aos extremistas do grupo Estado Islâmico.

bur-lsb/pa-lmm/mb/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos