FBI prende na Califórnia esposa do atirador de Orlando

San Francisco, 16 Jan 2017 (AFP) - A esposa de Omar Mateen, autor do massacre que matou 49 pessoas em uma boate gay de Orlando em junho de 2016, foi presa nesta segunda-feira (16) pelo FBI em sua casa na Califórnia, informou à AFP a Polícia Federal.

Oficiais prenderam Noor Salman na manhã desta segunda na cidade de Rodeo, 40 km de San Francisco, afirmou Prentice Danner, porta-voz do FBI.

Danner assinalou que a prisão está relacionada com acusações feitas contra Salman na Flórida.

A imprensa, citando fontes policiais não identificadas, informou que Salman, de origem palestina, teve conhecimento prévio dos planos de seu marido e foi detida por obstrução à Justiça

O tiroteio na boate Pulse em 12 de junho de 2016 foi o pior ataque terrorista nos Estados Unidos desde o 11 de Setembro de 2001. No tiroteio morreram 49 pessoas e 53 ficaram feridas. O autor do massacre foi morto pelas forças de segurança.

Omar Mateen, filho de imigrantes afegãos, parece ter se radicalizado através de propaganda extremista na Internet.

A procuradora-geral dos Estados Unidos em fim de mandato, Loretta Lynch, confirmou a prisão de Salman e afirmou à emissora MSNBC que trata-se de "um caso que continuamos levando a sério".

"Dissemos desde o início que examinaríamos cada aspecto deste caso, cada aspecto da vida do atirador, para determinar não só o motivo de realizar estas ações, como também quem mais sabia das mesmas, se mais alguém estava envolvido".

Em uma entrevista publicada em novembro no The New York Times, Noor Salman disse que "não sabia de nada" relacionado com o ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos