Obama perdoa Chelsea Manning, fonte do WikiLeaks

Washington, 17 Jan 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, perdoou a militar que vazou informações para o site WikiLeaks, Chelsea Manning, que será libertada no próximo dia 17 de maio, anunciou nesta terça-feira a Casa Branca.

A militar transexual, que antes se chamava Bradley Manning, havia sido condenada em agosto de 2013 a 35 anos de prisão por vazar mais de 700 mil documentos confidenciais para o WikiLeaks.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos