Bombardeio por engano de acampamento de deslocados deixou 70 mortos na Nigéria

Lagos, 18 Jan 2017 (AFP) - O saldo de um bombardeio por erro de um acampamento de deslocados no nordeste da Nigéria subiu para 70 mortos, declarou nesta quarta-feira o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

"Acredita-se que 70 pessoas tenham morrido e mais de 100 tenham ficado feridas", entre elas seis voluntários da Cruz Vermelha local, afirmou o CICV em um comunicado, no qual afirmou que este número pode aumentar.

O ataque aéreo foi registrado em Rann, localidade do norte do estado de Borno, quando era distribuída ajuda humanitária aos deslocados obrigados a fugir pela violência.

Segundo o general Lucky Irabor, que dirige as operações militares contra o grupo extremista Boko Haram, a força aérea havia recebido informações sobre concentrações de "terroristas do Boko Haram" na região de Kala-Balge, razão pela qual o ataque foi autorizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos