Caroline Kennedy, filha de JFK, deixa o cargo de embaixadora no Japão

Tóquio, 18 Jan 2017 (AFP) - A embaixadora dos Estados Unidos no Japão, Caroline Kennedy, única filha viva do presidente assassinado John Fitzgerald Kennedy, deixou nesta quarta-feira seu cargo depois de passar três anos em Tóquio.

A diplomata assumiu o cargo em 2013, sob a presidência de Barack Obama, cuja política externa concedia uma especial atenção à Ásia ante ao protagonismo da China e as ações imprevisíveis da Coreia do Norte.

O novo presidente, Donald Trump, ainda não nomeou o sucessor de Caroline Kennedy, de 59 anos.

oh-uh/anb/acc/erl/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos