Uma fisioculturista iraniana é presa por publicar fotos seminua

Teerã, 18 Jan 2017 (AFP) - Uma fisioculturista iraniana que publicou fotos "seminua" nas redes sociais foi detida e presa nesta quarta-feira (18), segundo informações da agência de comunicação do poder judiciário do Irã, a Mizaonline.

A agência informou que a fisioculturista foi presa por não pagar a fiança estabelecida pelo juiz, estabelecida em 2 milhões de rials iranianos, o equivalente a aproximadamente 160.000 reais.

Em setembro de 2016, a imprensa divulgou que duas mulheres iranianas teriam participado de uma competição internacional de fisiculturismo e publicado fotos suas em redes sociais.

As autoridades iranianas consideram que fotos de mulheres "seminuas" sem véu e mostrando partes de seu corpo são um delito.

Desde que a República Islâmica foi instaurada em 1979, todas as mulheres que estejam em território iraniano, sejam elas naturais do país ou estrangeiras, devem vestir o véu islâmico. As atletas iranianas podem participar de competições internacionais caso respeitem essa regra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos