Mais de 40 extremistas mortos por bombardeios na província síria de Aleppo

Beirute, 20 Jan 2017 (AFP) - Mais de 40 membros do grupo extremista Fateh al Sham morreram na noite de quinta-feira em bombardeios aéreos contra seu acampamento na província síria de Aleppo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A ONG não sabe quem realizou estes ataques aéreos no oeste desta província do norte do país. A aviação russa e a da coalizão internacional dirigida pelos Estados Unidos costuma atuar na região.

"Aviões militares, sejam russos ou da coalizão internacional, atacaram um acampamento do Fateh al Sham em Kabal el Sheikh Sleiman, no oeste da província de Aleppo, matando mais de 40 membros do grupo", informou o OSDH.

Desde o início do mês, uma centena de membros do Fateh al Sham, alguns deles líderes, morreram em ataques contra posições do grupo no norte da Síria.

O Fateh al Sham é o antigo braço sírio da Al-Qaeda que se chamava Frente Al Nosra. O grupo se aliou a várias formações rebeldes sírias que lutam contra o regime de Bashar al-Assad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos