Papa pede a Trump que não se esqueça dos pobres, marginalizados e necessitados

Cidade do Vaticano, 20 Jan 2017 (AFP) - O papa Francisco felicitou nesta sexta-feira o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e lhe pediu que não se esqueça dos "pobres, marginalizados e necessitados" ao iniciar seu mandato.

"Rezo para que suas decisões sejam guiadas pelos ricos valores espirituais e éticos que formaram a história do povo americano", escreveu o papa argentino em sua mensagem divulgada em inglês pela assessoria de imprensa do Vaticano.

"Espero que sob a sua liderança, os Estados Unidos (...) mantenham sua preocupação com os pobres, os marginalizados e os necessitados", acrescentou.

Francisco também afirmou em sua mensagem que rezará para que Deus dê "sabedoria" e "força" ao 45º presidente dos Estados Unidos.

Nas escadarias do Capitólio, Trump fez seu juramento sobre duas bíblias, uma dada por sua mãe em 1955, e a do presidente Abraham Lincoln.

Em seu discurso, o novo presidente prometeu devolver o poder ao povo americano, supostamente em detrimento da classe política em Washington, e alertou: "devemos proteger nossas fronteiras dos estragos de outros países que fabricam nossos produtos, roubam nossas empresas, e destroem nossos empregos".

kv-jz/mb/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos