Resgatados quatro israelenses que entraram em povoado palestino

Nablus, Territórios palestinos, 20 Jan 2017 (AFP) - Forças de segurança palestinas resgataram nesta sexta-feira quatro israelenses armados cercados por palestinos enfurecidos na Cisjordânia ocupada, anunciaram autoridades palestinas e israelenses.

O incidente é uma amostra da tensão constante entre israelenses e palestinos na Cisjordânia, território ocupado por Israel desde 1967, e os riscos que os israelenses correm quando entram em localidades palestinas.

Os quatro israelenses entraram no povoado de Qusra, norte da Cisjordânia, provocando um confronto com os habitantes, disse à AFP o prefeito Abdel Azim al-Wadi.

Nem ele nem o Exército de Israel informaram por que os quatro israelenses estavam naquela localidade.

Moradores do povoado, enfurecidos, cercaram os quatro homens, três soldados fora de serviço e um civil, e atiraram pedras contra eles, antes do resgate, contou o porta-voz do Exército israelense, coronel Peter Lerner.

Forças de segurança palestinas intervieram para proteger os israelenses da multidão, informou um de seus representantes.

Foram ouvidos disparos, mas não se sabe em que momento, e se os autores dos tiros foram os israelenses, para se proteger, ou as forças de segurança palestinas, para resgatá-los da multidão.

Os quatro indivíduos foram entregues às forças de segurança de Israel.

Além da presença de soldados de Israel na Cisjordânia, 430 mil israelenses vivem nas colônias e têm uma vida marcada por conflitos com os cerca de 2,75 milhões de palestinos.

he-is-lal/vl/es/mb/lb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos