PM ergue muro de contêineres para separar facções rivais em Alcaçuz

Natal, Brasil, 21 Jan 2017 (AFP) - A Polícia Militar começou a construir neste sábado um muro de contêineres para separar presos das duas facções rivais que desde há oito dias protagonizam violentos confrontos no presídio de Alcaçuz, em Natal.

As forças especiais da Polícia chegaram pela manhã ao presídio, enquanto as forças militares faziam o patrulhamento de Natal, após os ataques relacionados aos conflitos dentro do presídio.

Uma barreira de 18 contêineres separará os três pavilhões do denominado Sindicato do Crime RN, dos outros dois que abrigam membros do Primeiro Comando da Capital (PCC), informou a Polícia.

No prazo de quinze dias, essa barreira será substituída por um muro de cimento, disse à AFP uma porta-voz do governo do Rio Grande do Norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos